8 vantagens em alugar um imóvel

8 vantagens em alugar um imóvel

Confira quando alugar é uma boa opção e as vantagens deste investimento.

Aquela velha ideia de que alugar uma casa ou apartamento ao invés de comprar com financiamento é rasgar dinheiro sempre foi comum entre os brasileiros. É difícil imaginar que alugar pode ser sim uma boa opção em determinadas situações e condições.

É preciso primeiro analisar se os juros do financiamento vão comer todo o dinheiro do investimento. Ou seja, valeria mais a pena alugar um imóvel por um período de tempo e deixar o dinheiro em algum investimento no banco ou título público que gere bons rendimentos, maiores que os juros de um financiamento. A pergunta aqui é: ao término do financiamento o que vale mais: um imóvel ou um bom rendimento no banco, suficiente para comprar um imóvel praticamente à vista?

Veja a seguir, 8 vantagens em alugar um imóvel.

1. Menor investimento para começar

No início – especialmente em casos de aluguel de imóveis para moradia, como casas ou apartamentos – alugar é uma opção relativamente mais econômica, pois exige menos dinheiro no banco. Isso porque, neste caso, não é necessário se preocupar com custos de transação ou de entradas para compra de um imóvel.

2. Manutenção

Essa vantagem é realmente diferencial na hora de preferir o aluguel a comprar logo de cara um imóvel. Isso porque no caso da compra, a responsabilidade pela manutenção da propriedade é totalmente sua e ela pode representar uma despesa significativa no orçamento mensal. No caso de alugar uma casa ou apartamento, em boa parte das vezes, a manutenção é de responsabilidade do proprietário – exceto em casos nos quais o problema surgiu devido ao atual inquilino, desgastes de uso – e a imobiliária intermedeia a situação de suporte para a manutenção. Além disso, muitas vezes o proprietário opta por abater o valor da manutenção do aluguel mensal pago pelo atual morador do imóvel.

3. Facilidade para se mudar

Quando moramos em um imóvel comprado, além do valor emocional que o imóvel possui, há também a dificuldade de fazer uma mudança drástica como uma mudança de cidade por conta do emprego, por exemplo. Se surgir uma oportunidade de morar no exterior ou se o seu novo vizinho é muito barulhento e te incomoda demais? É muito complicado vender o imóvel em curto prazo. No caso do aluguel, esse compromisso existe apenas enquanto durar o contrato, inclusive podendo ser finalizado antes da hora, com uma multa. Não há preocupação com custos de venda de imóvel, negociações ou condições de venda do mercado.

4. Menor compromisso

Ao alugar, você tem um compromisso durante a duração do contrato. Uma vez que o contrato acaba, você pode se mudar para outro lugar. Não tem que se preocupar com custos de transação. Não precisa se preocupar com as condições do mercado. Apenas tem que encontrar um lugar que você gosta. Neste caso, inclusive, você também não precisa se preocupar com o arrependimento de ter comprado um imóvel em um lugar que se tornou ruim com o passar dos anos ou que você tenha descoberto uma surpresa negativa inesperada como um trem passando muito próximo do imóvel e te incomodando.

5. Mais opções para escolher

Essa aqui é uma realidade para muitos dos que estão escolhendo uma casa ou apartamento próprio para comprar, especialmente no começo da vida quando geralmente temos menos dinheiro para investimentos mais robustos como a compra de um imóvel. Com isso, acaba-se optando por escolher o imóvel pelo preço que cabe no bolso – seja à vista ou com parcelas do tamanho certo.

No caso do aluguel, as coisas mudam um pouco. É possível escolher um ótimo imóvel com uma bela localização por um preço que cabe no seu bolso e ainda te possibilita guardar a grana para a compra do seu futuro imóvel. Ou seja, você vai morar muito bem – provavelmente em um imóvel que você não conseguiria comprar nos próximos 5 anos – e ainda vai conseguir investir uma parte do seu dinheiro no banco para conseguir realizar o sonho da casa própria.

6. Acúmulo de patrimônio

Essa vantagem é bastante interessante e atrativa: imagine que você precisa de R$ 450 mil para comprar o imóvel que você deseja à vista. Qual é a melhor opção: comprar o apartamento logo de cara ou investir o valor no banco para multiplicar seu dinheiro?

A opção da casa própria é segura, mas complicada, pois você pode acabar perdendo dinheiro, pois é muito mais fácil chegar aos R$ 900 mil com R$ 450 mil no banco do que saindo do 0. Investir esse capital em investimentos mais conservadores te proporciona um rendimento suficiente para comprar o apartamento de R$ 450 mil dentro de aproximadamente 6 a 7 anos e ainda sobrariam R$ 450 mil para continuar investindo. Em um financiamento básico você com certeza passaria mais de 10 anos pagando parcelas para a compra do imóvel.

7. Dinheiro em mãos

Essa situação é parecida com a de cima, mas tem um diferencial interessante:
Investindo de forma bem conservadora os R$ 450 mil que você possui, você teria um rendimento mensal de aproximadamente R$ 4.500. Ao invés de guardar o dinheiro no investimento e deixá-lo render para comprar o imóvel somente daqui alguns anos, a ideia seria morar sempre de aluguel, pagando o aluguel com o rendimento e reinvestindo o dinheiro continuadamente a fim de aumentar cada vez mais seu patrimônio.

Com esse rendimento mensal de R$ 4.500, por exemplo, seria possível pagar um aluguel de R$2.000 e ainda reinvestir os R$ 2.500 sem sequer tocar no seu salário mensal. Dessa forma, seu patrimônio aumentará rapidamente e você conseguirá ter uma vida mais estável financeiramente.

8. Economizar agora, comprar depois

E quando você não tem nenhuma reserva financeira para comprar um imóvel à vista? Qual é a melhor alternativa: comprar ou alugar?

A resposta é, na maioria dos casos, alugar. Isso porque, respeitando os padrões do que você pretende comprar e alugar, o financiamento normalmente custa 1%, enquanto o aluguel custa 0,5% e esse é o grande segredo de quem aluga com esse objetivo.

Usando o mesmo exemplo do imóvel de R$ 450 mil, o financiamento ficaria em cerca de R$ 4.000 a R$ 4.500 por mês, enquanto o aluguel ficaria a R$ 2.000, certo? Aqui o raciocínio é exatamente igual ao 6º item, mas com a diferença que você está começando do 0, sem a grana completa para investir no banco.

Levando em consideração essas vantagens, em boa parte dos casos, alugar um imóvel pode compensar mais do que financiar a compra de um. Outro ponto é que nos dias de hoje, mudar de cidade várias vezes e recomeçar a vida em outro lugar tem se tornado mais comum. Logo, o aluguel proporciona mais liberdade e flexibilidade para possíveis mudanças repentinas.

comprar-ou-alugar-um-imóvel

 

Fontes:
• Educacaofinanceira.info
• Jornadadodinheiro.com
• Vivareal.com.br
• Exame.abril.com.br

3 comentários

Deixe uma resposta