Diferenças entre comprar imóvel usado ou na planta

Comprar imóvel usado ou na planta?

Descubra as características das duas opções e saiba qual investimento é mais indicado para você.

A compra de um imóvel é uma grande conquista, um investimento de peso para qualquer pessoa, seja física ou jurídica. Não importa se o imóvel foi comprado com o intuito de ser alugado ou se o proprietário pretende utilizá-lo como moradia, esse é o sonho de muitos brasileiros: investir em um imóvel para garantir rendimentos extras ou ter a casa própria.

E 2016 foi um ano propício para quem quis investir em imóveis para morar. Isso porque a diminuição nos preços ajudou aqueles que buscavam uma opção para deixar o aluguel de lado e comprar seu próprio imóvel. À vista ou financiado, a aquisição de uma unidade na planta ou usada é bastante atrativa por algumas vantagens interessantes que vamos falar neste artigo.

Imóvel usado

De acordo com uma análise do Secovi -SP (Sindicato da Habitação), para cada imóvel novo são vendidos sete imóveis usados no Brasil. Esse mercado possui uma força considerável devido à maior oferta, preços mais baixos (em comparação a um imóvel novo pronto) e facilidades na hora da mudança (o famoso pegar as chaves e entrar).

Imóvel novo ou na planta

Essa é uma das opções mais atrativas para quem busca uma propriedade para morar, seja um apartamento ou casa, e faz parte de um mercado em crescimento.

Para conhecer as diferentes características entre um imóvel novo na planta e um usado, separamos a seguir 9 vantagens que abrangem as duas opções.

Vantagens de um imóvel novo na planta

1. Preço acessível

Comprar um imóvel direto na planta tem um preço relativamente mais acessível do que o imóvel já pronto. Muitas construtoras e imobiliárias estão mais flexíveis no que se refere às formas de pagamento e alguns descontos ou vantagens para os interessados em adquirir uma propriedade.

É uma boa opção para quem quer gastar um pouco menos e ainda assim adquirir um imóvel em seu nome. Isso porque como o empreendimento ou a casa ainda estão sendo erguidos, os valores costumam ser naturalmente um pouco menores.

2. Alta valorização do imóvel

O investimento em um imóvel na planta costuma ser certeiro e garantir uma alta valorização do mesmo. Os dividendos podem ser ainda maiores se você buscar por um bairro com potencial de crescimento, que esteja recebendo melhorias em infraestrutura como estações de metrô ou pontos de ônibus, bem como projetos de grandes empreendimentos como shoppings e condomínios.

3. Pagamento com melhores opções

Logicamente, quando compramos um imóvel na planta ou recém-lançado direto da construtora ou imobiliária temos mais opções de pagamento do que comprando com uma pessoa física. Isso porque no primeiro caso, é possível pagar cerca de 30% do valor até a entrega das chaves e dividir o restante em parcelas, ou com a própria empresa através de um contrato ou com um financiamento em uma instituição bancária.

4. Documentação segura e descomplicada

Também na mesma modalidade, a situação da documentação da propriedade é sempre menos complexa. As unidades para a venda chegam sem problemas de uso – justamente pelo fato de serem lançamentos – sem falhas na documentação para a venda, diferentemente de imóveis usados, que muitas vezes apresentam propriedades em inventário, registros incompletos, atrasos no pagamento de taxas e impostos, entre outros.

5. Criação de um patrimônio

Ao comprar um imóvel você pode desfrutar das vantagens de adquirir uma propriedade moderna, ou criar um patrimônio, pois o investimento tem retorno praticamente garantido em médio e longo prazos. Esse retorno só deixa de ser garantido em casos muito extremos, como por exemplo em situações de crise em um setor específico. Isso significa que esse investimento é uma alternativa certeira para quem quer empregar bem o seu capital.

Vantagens de um imóvel usado

6. A possibilidade de perguntar para os vizinhos sobre o bairro

Imóveis usados têm uma grande vantagem: outra pessoa já testou antes de você. A priori, isso pode parecer uma desvantagem, mas fica mais fácil verificar possíveis problemas, falhas e coisas a serem consertadas. Além disso, no caso de uma visita ao imóvel, acompanhado do corretor imobiliário ou do proprietário, é ideal que você chegue mais cedo e dê uma volta a pé ao redor da propriedade para verificar se há uma boa rede de serviços (padarias, lanchonetes, farmácias, lojas em geral).

Essa vistoria também deve incluir uma conversa informal com vizinhos e com o zelador, no caso de prédios e condomínios, além de um papo mais formal com o síndico, caso possível. Com isso, você pode encontrar os sinais de organização ou desorganização da vizinhança.

7. A possibilidade de verificar se tudo está funcionando

Outra vantagem bem próxima da anterior é a possibilidade de verificar também cada canto do imóvel: acionar interruptores, abrir torneiras, usar o banheiro, inclusive pedir para um profissional analisar mais profundamente a estrutura do imóvel, como o sistema hidráulico, rede elétrica, entre outros pontos que possam necessitar de alguma reforma ou adaptação.

Basta negociar com o proprietário ou com a imobiliária para pedir isso. Com isso você ficar sabendo rapidamente sobre a situação geral do imóvel que quer comprar.

8. Velocidade na entrega do imóvel

Esse ponto é, com certeza, uma das maiores vantagens e a mais óbvia de todas: a velocidade da entrega do imóvel é muito superior a de comprar um imóvel na planta, por exemplo, o que pode pesar muito na hora de escolher esse tipo de compra.

Como você viu, comprar um imóvel apresenta uma série de vantagens e, sem dúvidas, é também uma excelente opção de investimento. Analise todas as variáveis e veja qual se encaixa melhor nas suas condições atuais.

comprar-ou-alugar-um-imóvel

 

Fontes:
• Epocanegocios.globo.com
• Vivareal.com.br
• Trisul-sa.com.br

2 comentários

Deixe uma resposta