16 dicas para proteger sua casa

16 dicas para proteger sua casa

Vai viajar? Confira algumas ideias para garantir a segurança do seu imóvel durante o período que estiver fora.

Finais de semana, feriados prolongados, férias. Momentos ótimos para organizar uma viagem, seja curta ou longa, para relaxar, descansar ou visitar os parentes. Mas além de fazer as malas e aproveitar o sossego, é extremamente importante tomar alguns cuidados para proteger devidamente sua casa ou apartamento durante o período.

No caso de apartamentos ou casas em condomínios fechados, a segurança é um ponto de menor preocupação, já que o condomínio, na maior parte das vezes, garante a proteção durante a viagem. No entanto, para apartamentos em prédios sem condomínio ou casas na rua, a segurança é um quesito de extrema preocupação para o morador.

Confira algumas dicas que vão deixar você tranquilo na hora de colocar o pé na estrada:

1. Instale dispositivos de segurança

Caso não possua dispositivos de segurança como câmeras ou alarme, adquira-os. Ter esse tipo de dispositivos instalados ajuda a garantir que ladrões escolham outras residências, sem câmeras ou alarmes, ao invés da sua.

Outra boa dica com relação a dispositivos que podem ser instalados é o relé fotoelétrico ou temporizador automático. O relé é um sensor que detecta a luz do dia e desliga automaticamente a luz. No momento que a noite chega, a luz se acende novamente. Essa é uma forma inteligente e econômica de confundir as pessoas, que pensarão que o morador está na casa normalmente, enquanto viaja por longos períodos.

2. Não comente sobre a viagem com desconhecidos

Não ficar comentando sobre sua viagem com desconhecidos parece bobeira, mas faz toda a diferença. Procure evitar de conversar sobre isso com seus amigos em ambientes que tenham pessoas desconhecidas, especialmente se essas pessoas conseguem, de alguma forma, te identificar através das redes sociais.

Aliás, as redes sociais são outro ponto importantíssimo desta dica. Ficar postando fotos em tempo real de sua viagem é muito legal para mostrar para seus amigos como você está se divertindo e aproveitando a viagem, mas tem um potencial de alcance gigantesco e pode mostrar suas fotos para pessoas que sabem que você está fora, criando a oportunidade perfeita para um assalto. Por isso, deixe sempre para postar todas as fotos no Facebook quando voltar de viagem. Além de garantir sua segurança, você ainda pode aproveitar um pouco da nostalgia da viagem.

3. Comunique sua viagem a um vizinho de confiança

Antes de sair de viagem, procure comunicar algum vizinho de sua confiança, caso você tenha esse tipo de relação com algum deles. Deixe um jogo de chaves para que ele ou ela possam visitar a casa eventualmente e verificar se tudo está no lugar, ou para o caso de alguma emergência.

Procure também telefonar de vez em quando, para saber se está tudo bem. Essa é uma das melhores maneiras de ficar tranquilo durante sua viagem.

4. Combine também com algum parente de confiança

Como segunda opção (ou primeira), deixe outro jogo de chaves com um parente que você confia. Especialmente no caso de ausências prolongadas, peça para ele visitar sua casa, verificar se tudo está OK e, se possível, demonstrar a presença de pessoas na casa. Isso pode ser feito de formas simples como abrir janelas, regar as plantas do jardim, ficar na sacada por algum tempo, assistir TV na sala com a sacada aberta, mostrando que pessoas estão na casa, entrando com o carro na garagem.

Atenção: no caso de apartamentos, é preciso deixar uma autorização por escrito, com anuência do síndico, para que a pessoa possa entrar no prédio.

5. Guarde seus bens no banco ou na casa de pessoas confiáveis

Procure não deixar joias, carros, computadores ou grandes quantidades de dinheiro dentro de casa, mesmo dentro de cofres. Procure utilizar cofres de bancos ou a casa de amigos e familiares que você confia. Isso diminui consideravelmente as chances de você perder algum desses bens e garante sua tranquilidade durante a viagem.

6. Desligue a campainha

Essa é uma dica diferente, mas que faz bastante sentido. Desligar a campainha deixa em dúvida quem a toca apenas para verificar se há alguém em casa. Sem o barulho, a pessoa ou o ladrão nunca saberá se você apenas não está em casa por algum tempo ou se está em casa e preferiu não atender. É algo simples, porém faz toda a diferença na hora de proteger seu imóvel.

7. Evite deixar sinais de que você viajou

Aproveitando a ideia de cima: cadeados grandes do lado externo do portão, luzes ligadas o dia todo, silêncio frequente, barulho da campainha ligado e ninguém atendendo a porta. Esses são todos sinais que denunciam a saída dos moradores, em especial quando a viagem é prolongada. Procure evitar esses e outros sinais.

8. Tire os fios de todas as tomadas

Essa dica é importantíssima: deixar eletrodomésticos e qualquer dispositivo elétrico/eletrônico ligado na tomada por longos períodos sem utilização, além de gastar energia de forma desnecessária, pode ocasionar curto-circuito no imóvel. As chances são pequenas, mas existem.

Por isso, sempre que for viajar por curtos ou longos períodos, verifique se todos os fios estão fora das tomadas. Além de economizar energia, você mantém os equipamentos protegidos contra problemas elétricos.

9. Feche os registros de água

Seguindo a mesma linha da dica acima, lembre-se de fechar todos os registros de água da casa. Os imóveis comuns não costumam ter mais registros do que os dos banheiros, área de serviço e cozinha. Caso você tenha piscina e área de churrasco, é essencial desligar os registros dessas áreas também.

Com isso, você evita um “transtorno aquático” quando chegar de viagem e encontrar a casa toda alagada, no caso de imprevistos como vazamentos, canos estourados, entre outros.

10. Desligue a válvula de gás

Essa dica é garantia de segurança para o seu imóvel e para sua vizinhança. Independente de você morar em um prédio ou em uma casa, desligar a válvula de gás da cozinha quando for viajar evita acidentes de grandes proporções. Isso porque uma explosão de um botijão de gás, por exemplo, pode causar problemas até em um quarteirão inteiro dependendo do caso.

11. Cancele o recebimento de jornais e revista durante o período

Essa dica serve mais para casas ou apartamentos residenciais que ficam nas ruas, sem algum tipo de zelador ou administrador que pegue as correspondências.

Cancelar o recebimento de revistas, jornais e até mesmo boletos bancários permite que você não acumule correspondências em sua porta, situação que revela que não há ninguém na casa. Procure colocar seus boletos em débito automático ou requisitar o envio para seu e-mail e faça os pagamentos por meio de internet banking ou nas agências bancárias do local onde você estiver viajando. É um processo incômodo e estressante, mas pode evitar transtornos maiores como um assalto em sua casa.

12. Não dê detalhes sobre a data de sua volta aos funcionários do seu condomínio

Em consonância com a dica de não falar sobre sua viagem com desconhecidos, procure evitar comentar os detalhes de sua volta com funcionários do condomínio ou mesmo com pessoas da sua confiança quando estiver perto de estranhos.

13. Limpe e desligue a geladeira

Uma dica especial para quem possui geladeiras mais antigas: procure limpá-la, secá-la e a deixe desligada com as portas abertas durante o período que estiver viajando. Por mais estranho que possa parecer essa dica, fazer isso evita que o eletrodoméstico mofe.

No caso de uma geladeira atual – a chamada frost-free (que não precisa de descongelamento) – o ideal é limpá-la antes da viagem para evitar o desenvolvimento de bactérias dentro do refrigerador.

14. Retire todo o lixo de casa para não acumular bactérias

Não se esqueça de retirar todo o lixo da casa: dos banheiros, do escritório, dos quartos, da cozinha, da área de serviço. Deixar lixo produz mau cheiro e ajuda no acúmulo de bactérias.

Outro ponto aqui é o de não deixar a pia suja. A sujeira atrai insetos, ajuda na deterioração da pia e dos utensílios que você não lavou.

15. Deixe seus animais em local garantido

Quem tem animais não precisa nem se lembrar dessa dica, mas é válido avisar: mesmo gatos, que estão mais acostumados a ficar sozinhos e longe de seus donos, precisam de atenção e cuidados. Por isso, se você é dono de um animal de estimação e vai viajar, procure planejar bem o local em que vai deixá-lo, seja em um hotel para animais ou na casa de algum parente ou amigo.

16. Contrate um seguro residencial

Essa é uma dica para qualquer momento, não somente quando for viajar. Ter um seguro residencial é importantíssimo para evitar problemas com acidentes naturais, imprevistos como bater o carro no portão, entre outros tipos de problemas.

Existem muitos outros pontos que podem ser observados para a segurança da casa, mas esses são, sem dúvidas, os mais importantes para garantir a proteção da sua casa.

comprar-ou-alugar-um-imóvel

Fontes:
• Revista.zapimoveis.com.br
• Chavesnamao.com.br

Um comentário

Deixe uma resposta