Qual a melhor hora para investir em imóveis?

Investimentos imobiliários são sempre extremamente considerados dentro do pool de investimentos existentes, seja por instituições bancárias ou empresas especializadas em organizar investimentos de pessoas físicas ou jurídicas. Isso acontece, em grande parte, devido à crescente valorização dos bens imobiliários e ao fato de este ser considerado um investimento seguro.

Além disso, o crescimento do setor de construção civil na última década, incentivado principalmente pela ascensão da classe média brasileira, criou uma série de oportunidades para a compra de imóveis. Ainda assim, é preciso avaliar muito bem o otimismo em torno desse tipo de investimento. Isso porque variáveis como a localização, o tipo de imóvel, as condições de pagamento, os juros, os riscos e até mesmo o valor de revenda são fatores que devem nortear a sua decisão.

O mercado imobiliário brasileiro e a venda de imóveis em 2018

De 2008 a 2012, o mercado imobiliário brasileiro viveu um boom gigantesco: viu uma grande alta da oferta, dos valores e dos financiamentos oferecidos. Naturalmente, o  mercado estava superaquecido àquela época e muita gente ganhou bastante dinheiro com investimentos e venda de imóveis.

Hoje, em 2018, o cenário se modificou consideravelmente. Acabamos de enfrentar uma crise financeira muito por conta do caos político que o Brasil viveu de 2014 a 2017. Os primeiros sinais de recuperação do mercado imobiliário já foram vistos no fim de 2017, no entanto, 2018 tem boas previsões. Este ano está oferecendo uma grande chance para quem quer começar a investir e também para os que buscam diversificar. Como falamos acima, investir em imóveis é uma opção segura, rentável, e que no geral oferece ótimas chances de lucro. Esse investimento tem características muito mais delineadas com o perfil de investidores conservadores, que buscam evitar dores de cabeça com flutuações de mercado financeiro sem abrir mão do lucro.

De acordo com o economista Ricardo Amorim, a recuperação do mercado imobiliário em 2018 pode ser enxergada por meio de alguns indicadores como a alta dos estoques nas construtoras, o acesso facilitado ao crédito imobiliário, a revisão de crescimento do PIB Brasileiro – ponto que impacta diretamente a geração de novos empregos, aumento de renda – e, por fim, a queda da taxa SELIC para níveis próximos de 7% a.a este ano.

Para o professor da FGV, Alberto Ajzental, essa queda da taxa SELIC e a diminuição gradual da inflação, que caminha para baixo da meta do Banco Central, são alguns dos motivos que fortalecem a economia a longo prazo tornando-a mais estável. Isso, junto com o fato dos valores dos imóveis não estarem tão elevados e não terem uma previsão de disparada nos próximos anos, cria um ambiente extremamente propício para investimentos imobiliários.

Embora as taxas de desemprego ainda estejam muito altas, o consumidor brasileiro já tem um pouco mais de segurança e confiança para investir em imóveis. Mesmo assim, é preciso ficar atento à estabilidade no próprio emprego. Além disso, como os financiamentos são todos a longo prazo, o ideal é não comprometer mais que 25% da renda líquida com prestações de financiamento.

Investir em um imóvel é uma boa pro meu perfil?

Se você quer dinheiro a curto prazo, o imóvel definitivamente não é um bom investimento. Isso porque a liquidez é consideravelmente baixa, a venda costuma ser demorada, já que se trata de um bem com valor alto de venda, isso sem contar que a venda dele é mais difícil em um momento de crise como a que acabamos de viver nos últimos 4 anos. Investir em um imóvel para deixá-lo parado ou vazio também não é uma boa ideia, já que isso influencia diretamente a economia, pois muitos imóveis vazios fazem com que os preços dos aluguéis caiam. Além disso, imóvel vazio tem custos de manutenção por conta do proprietário.

Por outro lado, existem aqueles que gostam de investir em imóveis pela estabilidade como falamos acima e pela garantia de uma renda passiva, com o aluguel do apartamento ou casa, por exemplo. Alugar um imóvel requer cuidados como a busca por uma imobiliária confiável para fazer sua gestão, mas, encontrando-a, é uma ótima oportunidade.

E essa é a soma a ser feita: muitas vezes as pessoas pensam que o retorno do imóvel é somente o valor do aluguel, ou, a valorização do mercado; mas, o correto é somar os dois valores (somar o aluguel recebido durante todo o ano e a valorização do anual do imóvel).

Falando ainda sobre o investidor que busca a renda passiva do aluguel, existem os que são ainda mais conservadores e procuram investir em um imóvel mais caro, em um bairro mais nobre com a certeza de que o investimento é bom e trará retorno.

No caso dos investidores que pensam na valorização do imóvel no futuro, muitos escolhem o imóvel em um bairro que está em expansão ou passando por melhorias públicas e compram um imóvel em construção, com valores mais baixos. Como acabam fazendo esse tipo de investimento para alugar durante o período de valorização e posteriormente para vender, as chances de ganhos mais altos são enormes.

Conclusão

Como basicamente qualquer tipo de investimento, a aposta em imóveis também envolve riscos. Logicamente, existem aqueles que conseguem ganhos maiores, por conta de um bom planejamento, um bom timing de compra e uma visão de futuro muito alinhada com a cidade e com a economia do país. Para alguns, o investimento pode não dar certo, sendo afetados por uma desvalorização ou pela estagnação, o que não costuma ocorrer com tanta frequência, mas é possível.

Assim como grandes investidores fazem, o comprador de imóvel precisar saber “ler” o mercado e avaliar suas decisões. Por isso, é fundamental entender todas as condições para fechar a negociação, como por exemplo, a previsão de gastos futuros e dos ganhos atuais.

Isso significa que investir em imóveis é sim uma boa opção para aqueles que se empenham em fazer o melhor negócio possível: aquele que cabe no bolso e gera retornos a longo prazo.

Gostou do artigo e quer conhecer o nosso site?
Acesse http://guairaimoveis.com.br

Um comentário

Deixe uma resposta