Como pedir para alguém ser seu fiador

Começar um novo contrato de aluguel independente do tipo – comercial ou residencial – sempre traz uma série de coisas para resolver, documentos para providenciar e principalmente a pendência de decidir quem vai ser, ou melhor, quem pode ser, o fiador.

Encontrar um fiador é provavelmente a tarefa mais complexa de todas, como por exemplo, aquele familiar ou amigo que consegue se disponibilizar financeiramente para iniciar o contrato de aluguel. Isso significa que essa é uma das grandes barreiras do inquilino para começar um processo de aluguel.

Com isso, algumas pessoas acabam recorrendo a um tipo de fiador profissional, ou seja, uma pessoa que se oferece financeiramente para arcar com os custos caso o locatário venha a não cumprir com suas obrigações financeiras do contrato. No entanto, esse tipo de solução não é indicada por uma série de fatores como o fato de alguns fiadores profissionais serem estelionatários.

Nós já falamos sobre o fiador profissional neste artigo: fiador!

Mas o que fazer quando não se tem um fiador a quem recorrer?

Você até tem outras soluções como o seguro fiança, o título de capitalização ou o depósito caução, opções complexas e que geralmente estão anexadas a uma série de regras específicas e ao fato de que você precisa adiantar a comprovação de que possui um valor considerável de dinheiro à vista para fechar o contrato, o que na maioria das vezes não é comum para quem busca um fiador.

Encontrar um fiador não vai ser uma tarefa simples e rápida, mas recorrer a um fiador profissional pode ser uma opção ainda pior para resolver o seu problema. Neste caso, é bom continuar a busca entre os amigos e a família e pensar até mesmo nas pessoas que você não tem tanta amizade assim, mas que você considera confiáveis.

Antes de tudo, é preciso rever algumas regras básicas para saber a quem você pode pedir:

• É ideal que o fiador resida na mesma cidade do imóvel que será locado, mas não é exigência de todas as imobiliárias, você terá que consultar a sua;

O fiador precisa ter um patrimônio para ser avaliado como um fiador possibilitado. O ideal é já possuir um imóvel registrado em seu nome.

• Se o fiador for apenas pessoa física, é necessário que ele ou ela tenha uma renda de no mínimo 3 vezes o valor do aluguel mensal, já considerando os encargos (IPTU e condomínio).

Quais são as vantagens do contrato de locação com fiador?

Geralmente, locar um imóvel com um fiador tem muito mais a ver com a confiança por parte do proprietário de que o locatário irá cumprir com suas obrigações contratuais e financeiras por conta da responsabilidade de ter alguém que pode ser acionado caso ele não venha a cumprir essas obrigações.

O proprietário que aluga seu imóvel com um fiador tem a certeza e segurança de que receberá os valores mensais em dia. O interessante é que não é apenas o proprietário que se beneficia dessa solução, o locatário também, já que não precisa adiantar valores para fechar o negócio.

E como pedir para alguém ser meu fiador?

Você já entendeu que a responsabilidade de um fiador é bem grande, certo? Por isso, um dos pontos primordiais é que a pessoa seja próxima e confiável, já que a relação estabelecida aqui é de confiança mútua, afinal ele está se oferecendo para pagar sua dívida caso você não consiga cumprir com as suas responsabilidades.

O mais habitual é pedir para tios ou tias próximos, primos mais velhos, caso seus pais não possam arcar com essa responsabilidade. Nenhuma boa opção? Os amigos mais próximos seus ou do seu cônjuge? Colegas de trabalho confiáveis? Algum amigo da família que seja próximo o suficiente? Enfim, existem muitas opções mesmo para quem possui família pequena ou para quem vai morar mais longe da cidade em que nasceu.

Depois de encontrar um candidato, mostre que você vai honrar com suas responsabilidades como inquilino, apresentando comprovantes de renda fixa e outras formas de demonstrar sua estabilidade financeira.

A ideia de ser objetivo também é fundamental neste momento de pedir para alguém ser seu fiador. Não tente contornar o assunto fingindo que não está falando sobre ele. Aborde o tópico de forma tranquila, mas com objetividade. Peça com cuidado e mostre que está tomando uma decisão firme e importante na sua vida e que pretende arcar com cada consequência desta decisão. Lembre-se: a falta de objetividade pode ser encarada pelo fiador como uma tentativa de enganar ele, o que com certeza vai pegar muito mal.

CredPago: a solução ideal para alugar sem fiador

O contrato de aluguel sem fiador é basicamente impossível quando a pessoa que deseja ser o inquilino não conhece o proprietário ou algum caso parecido. Por isso, a questão da fiança é tão importante para que a negociação aconteça. Além das soluções que já mencionamos acima que variam muito nas dificuldades e complicações para consegui-las, temos também uma das mais simples: a Credpago.

Essa solução utiliza seu cartão de crédito como fiador. Por meio do seu limite, em pouco tempo é possível aprovar seu cartão como responsável por sua obrigação financeira de pagar o aluguel. O processo é simples e bastante eficiente, sendo feito quase que totalmente no ambiente digital.

Quer alugar ou comprar uma casa ou apartamento em Santo André, São Caetano do Sul e São Bernardo do Campo e não consegue arranjar um fiador?

Não tem problema!

Com a Guaíra Imóveis você consegue alugar seu imóvel sem burocracia. Em parceria com a CredPago, oferecemos uma maneira fácil e sem burocracia para fechar seu contrato de aluguel. Utilize seu cartão de crédito e pronto! Em até 15 minutos seu cadastro pode ser aprovado.

Acesse http://soumais.guairaimoveis.com.br/aluguel-sem-fiador e conheça essa exclusividade da Guaíra para o Grande ABC.

Deixe uma resposta