Animais em imóvel alugado: como ficar bem e levar numa boa com os proprietários?

Animais em imóvel alugado pode definitivamente ser um grande problema. Isso porque não é sempre que o proprietário permite animal de estimação em imóvel alugado. A Imobiliária Guaíra, no entanto, tem as dicas necessárias para ficar bem com os proprietários.

Ter um animal de estimação em imóvel alugado é sempre um risco. Afinal, a moradia não é da propriedade do dono do animal, ou seja, conservar aquele espaço é preciso. Nenhum proprietário que ver seu patrimônio roído ou estraçalhado, não é mesmo?

Cães e gatos podem ser uma grande companhia, mas proporcionalmente um perigo para quem tenta estabelecer uma relação agradável com os senhorios e senhorias. E este é o segredo fundamental para ter animais em imóvel alugado: cordialidade para com os proprietários.

Coloque-se no lugar: como você se sentiria ao chegar no seu patrimônio e enxergar um cachorro com a patinha levantada prestes a estragar a pintura do apartamento? Acho que haveria frustração, certo? Pois bem, a primeira dica, antes de qualquer lista elaborada, é uma só: empatia.

Entender os pedidos dos patrões e compreender limites, entendendo que aquele espaço é alugado, e não comprado. A partir disso, um conjunto de ações deverão ser tomados, a fim de estabelecer uma boa relação com os proprietários, apesar do animal de estimação em imóvel alugado.

Dicas Guaíra: como ter animais em imóvel alugado e manter boa relação com os proprietários?

Animais em imóvel alugado? Fuja dos problemas seguindo as dicas da Imobiliária Guaíra. Com anos de experiência alugando para os mais diferentes inquilinos, reunimos dicas pontuais para quem quer ter o animal de estimação em imóvel alugado. Veja!

Boa relação começa com a cordialidade

Entender que o imóvel do proprietário é um patrimônio é fundamental. Foi um investimento realizado, economia que permanece e uma renda ali produzida. Deve-se ter zelo pelo que é dos outros, e isso nunca deve ser excluído apenas pelo fato de se estar alugando.

Por isso é fundamental cuidar do imóvel alugado como se ele fosse o imóvel comprado. Cuidar, preservar e ter a ciência de que, no futuro, outra pessoa também poderá chamar de lar.

Ensinar a hora das necessidades do animal de estimação

Cachorros aprendem quando devem fazer suas necessidades. A hora do xixi ou do cocô pode (e deve) ser “programada”. Na hora do passeio na rua, sempre recompense o cachorro com alguma guloseima assim que ele urinar ou defecar na rua.

Claro, não é preciso dizer que uma sacolinha plástica para coletar as fezes é mais do que imprescindível, certo? Nada de deixar minas terrestres implantadas para os pedestres.

Adestramento para comportar-se

Ao ter animais em imóvel alugado o dono deverá fazê-lo passar por um pequeno adestramento. Entender o que pode, o que não pode e os limites. Afinal, sem pátio, mais regras. Com limitação de espaço, a tendência é de maior estresse do animal.

Por esse motivo o adestramento se torna essencial, uma vez que o pet precisa estar calmo e tranquilo. Com gatos o assunto é mais prático, já que a adaptação é mais rápida.

Animais em imóvel alugado: porte pequeno ou médio, por favor

Abuso também não é legal. Sempre quando adotar ou comprar um animal de estimação, verifique o porte futuro do pet. Não adianta querer criar um Golden Retriever em um apartamento. Definitivamente não vai fechar.

O ideal é optar por raças pequenas e que, de preferência, não latam. O latido pode incomodar os vizinhos, que, consequentemente, irão reclamar com o proprietário.

Respeito com o local: quebrou? Consertou!

Jamais deixe de consertar possíveis problemas na casa. O cachorro ou o gato quebrou? O conserto deve ser imediato. Nada de adiar para semana que vem. É preciso pontualidade na hora de consertar o problema criado pelo animal de estimação em imóvel alugado.

Lembre-se: é importante sempre garantir que a casa ou apartamento alugado seja como um lar. Um lar merece cuidado, mesmo que ele não seja seu patrimônio. Tratar o local com respeito trará bons frutos, sobretudo pensando nessa responsabilidade de ter animais em imóvel alugado.

Com essas dicas da Imobiliária Guaíra, ter animais em imóvel alugado fica mais prático

Animal de estimação em imóvel alugado. Uma paixão que merece carinho, zelo e amor. O animal de estimação para o dono e o imóvel alugado para o proprietário. Ambos precisam de cuidados, e não é nenhum egoísmo falar isso.

Assim estas pequenas dicas da Imobiliária Guaíra, ter animais de estimação em imóvel alugado ficará muito mais cômodo. Respeito mútuo. Cuidado. Atenção. Carinho. Palavras que devem reger a boa convivência entre inquilino e proprietário.

Gostou do artigo? Veja o nosso sobre venda de imóveis e o porque escolher a Imobilliária Guaíra pra te ajudar 🙂

Lembrando que a credpago é sempre uma ótima opção, veja abaixo!

Um comentário

Deixe uma resposta