Vantagens de comprar um imóvel à vista

Uma dúvida que sempre persiste é sobre a possibilidade de comprar um imóvel à vista. Claro que em meio à crise que atravessa o Brasil, poucas pessoas têm a possibilidade de pagar à vista um imóvel.

A compra de imóvel é uma decisão bastante importante. Afinal, é um investimento a ser feito, e que precisa ser muito bem pensado para ser executado da forma correta.

A forma de pagamento, se por financiamento ou à vista, é sempre muito discutido. Qual seria a melhor alternativa? O financiamento que facilita o pagamento à prazo, mas com altos juros, ou à vista quando é até possível negociar o valor?

Decidimos avaliar os dois cenários para montar este artigo. Desde as vantagens de comprar um imóvel à vista, como também a situação contrária, quando não é vantajosa a compra à vista do imóvel.

Quando vale a pena comprar um imóvel à vista?

O momento varia, bem como a possibilidade de conseguir um desconto. Avaliar esse tipo de decisão é sempre variável de acordo com o tempo, momento e a capacidade de investimento de cada um.

Pensando no cenário envolvendo as expectativas para o próximo ano, a crise atual, valor dos imóveis, taxa de juros para compra de imóveis e afins. Talvez atualmente o melhor cenário seja a compra à vista.

Isso porque o desconto a ser conquistado nesse momento compensa do ponto de vista de prospecção. Ou seja, não é que o cenário para financiamento seja ruim, mas ele poderia, com certeza, ser muito melhor.

Apesar de ter sofrida uma guinada maior nos últimos três anos, não existe uma perspectiva a curto prazo de que a taxa de juros e facilidade de financiamento voltem a ser como a 10 ou 15 anos atrás.

Por esse motivo, vê-se atualmente uma vantagem sob a perspectiva econômica de futuro. Isso, claro, para os mais cautelosos em relação ao seus investimentos.

Opções ao pagamento à vista

Basicamente existem duas formas de pagamento que são tangentes à opção à vista. O financiamento é o mais comum.

Ou então a possibilidade de negociar a entrada e assim facilitar na hora de fazer as parcelas. Ambas as maneiras são similares, apesar de sutis diferenças.

Financiamento

O financiamento integral, atualmente, é bastante raro. Com a crise que atravessa o país, a facilitação de financiamento fica restrita à renda mensal de quem solicita.

Atualmente ficou praticamente impossibilitada a compra de imóvel com financiamento 100%, e, portanto, o valor de entrada tornou-se praticamente obrigatório.

Negociar valor de entrada

Contudo, é possível negociar o valor de entrada, e assim facilitar para o bolso de quem compra. O principal recurso é sempre a conversa, para acertar o melhor para os dois lados.

Quanto o maior o valor disponível para a entrada, menor, inclusive, pode ser a taxa de juros. Afinal, fica acertada um valor alto de início na compra do imóvel, para, assim, começar o pagamento das parcelas do financiamento.

Quando não vale a pena comprar imóvel à vista?

O ponto mais relevante seja referente a juntar dinheiro para a compra de imóvel. Essa não costuma ser a melhor das decisões, uma vez que pode levar um bom tempo até que seja conquistado.

É importante lembrar que grande parte das famílias vive de aluguel, e o pagamento do aluguel vai ter que se somar ainda ao valor referente para juntar o dinheiro da compra do imóvel.

Há pessoas que não têm a possibilidade de juntar esse dinheiro necessário. Ou pagam aluguel ou juntam.

Além disso, juntar dinheiro exige disciplina e estabilidade dos preços, bem como ter a sorte no controle da inflação. Com preços de produtos indispensáveis subindo consideravelmente (como gasolina e carne, por exemplo), juntar fica cada vez mais difícil.

Pagamento à vista e pagamento financiado

Por fim, destaca-se a flutuabilidade do mercado imobiliário. É impossível prever em 5 anos como estará o mercado, quanto mais 10 – tempo estimado para juntar o dinheiro e assim pagar à vista.

Portanto, pagar à vista é uma possibilidade, sim, mas se o dinheiro já estiver contabilizado. Ou seja, ganho um dinheiro de herança, de uma venda ou até mesmo na Loteria? Então possivelmente vale à pena.

Caso contrário negociar a entrada e optar pelo financiamento segue sendo a melhor opção, apesar dos altos juros do crédito imobiliário.

Gostou do artigo? Deixe um comentário!
Caso queira saber: Tudo que você precisa saber sobre morar em Casa, Acesse aqui.
E também temos o artigo: Tudo que você precisa saber para morar em Apartamento

Deixe uma resposta