como acertar o aluguel em tempos de crise segundo a imobiliária guaíra imóveis

Como acertar o aluguel durante o período de crise

A crise existente não é apenas causada por um vírus, mas acumula também inúmeros problemas em diferentes esferas sociais.

Com toda a certeza a proteção à vida e ao bem-estar é sempre a fundamental. Contudo, como lidar com uma crise sem precedentes, que sequer se sabe quanto tempo durará?

Lamentavelmente não se tem registros recentes dos estragos que podem vir a ocorrer, bem como de quanto tempo a quarentena vai perdurar ou quais os desastres que ainda estão por vir.

No mundo inteiro somos assolados por notícias impactantes, colapsos em sistemas de saúde em vários países ao redor do globo e, inevitavelmente, uma crise econômica que preocupa.

Várias medidas estão sendo tomadas para auxiliar a população pensando sempre na saúde do próximo. Pensando nisso, a Imobiliária Guaíra também separou algumas dicas de como acertar o aluguel durante o período de crise.

Afinal, tá fácil pra ninguém, não é mesmo? Juntos, e ficando em casa, sairemos dessa rapidamente!

Formas de acertar o pagamento do aluguel

No mundo todo as pessoas estão tensas e preocupadas com muitas situações, e o aluguel é uma delas. Cerca de 30% da população vive do aluguel atualmente, e, em um país que autônomos e informais têm crescido, isso preocupa.

Afinal, como acertar o aluguel em tempos de crise. A base de tudo é uma boa conversa, e, assim, entender os dois lados: o de quem precisa receber e o de que necessita de um teto para morar.

Pensando nisso, separamos algumas dicas de como fazer o acerto de contas em meio à crise do coronavírus.

1) Redução do valor do aluguel temporário

Uma forma de acertar valores é exatamente reduzir para pagar depois. Um acerto verbal pode ser uma boa alternativa, com intuito de reduzir a parcela e, num futuro próximo, acordar os valores que faltaram naquele período.

Essa é, provavelmente, a maneira mais adequada para contornar a crise. Assim, o locatário consegue receber e o locador consegue pagar.

2) Negociar pagamento de parcelas no mês

Caso o valor não chegue a um consenso, que tal acertar um pagamento semanal ou quinzenal? Mesmo com uma redução, por vezes, ainda não se dá como uma melhor saída para pagamento do aluguel.

Contudo, conforme um autônomo, um dono de e-commerce ou pequeno empreendedor vai recebendo seus valores, distribuí-lo ao longo de quatro semanas ou duas quinzenas pode aliviar no orçamento.

3) Interrupção do pagamento

Caso seja inevitável um consenso, o locador, caso se prove incapaz de sanar com o aluguel, pode fazer um pedido na Justiça para interromper o pagamento.

Na Justiça, é possível pedir carência do pagamento. Entretanto, essa costuma ser uma das últimas instâncias, sendo sempre melhor a conversa e um diálogo franco.

Vale destacar, porém, que essa interrupção do pagamento só pode ser autorizada pela Justiça e a inquilinos com contrato de três anos decorridos ou mais.

4) Levar à Justiça e determinação do juiz

Por fim, através da Lei do Inquilinato, um juiz pode determinar a redução do valor do aluguel por conta da impossibilidade do locador acertar o valor integral com o locatário.

Contudo, esse valor não ultrapassa os 80% do aluguel mensal, sendo apenas provisório, até que haja um acerto formal entre as partes.

Em períodos de crise, a dificuldade é de todos

Durante um momento delicado, não existe facilidade, infelizmente. É unido ao próximo que a crise será superada. Com diálogo, compreensão e acima de tudo empatia.

Diferentemente da Itália, Alemanha, Espanha, o Brasil é um país de terceiro mundo. É fundamental a compreensão, o auxílio e a mão estendida (menos, claro, no sentido literal).

Afinal, precisamos nos aproximar no distanciamento, e assim entender o lado do outro. É dessa maneira que a crise será superada.

Por isso, ouça o outro, lave as mãos, fique em casa e compreenda. O momento é delicado, mas há de ser superado.

Gostou do artigo? Deixe um comentário
Veja o nosso sobre: Quarentena, dicas do que fazer nesse perído segundo a Imobiliária Guaíra

botão entre em contato com imobiliária guaíra imóveis botão blog imobiliária guaíra imóveis

 

 

 

 

Deixe uma resposta