Trabalhando de casa

Está trabalhando de casa? Veja como fazer para não perder o foco!

Com o avanço do novo Coronavírus, várias medidas de segurança estão sendo tomadas para evitar o aumento da contaminação. 

Uma delas é o home office. 

Empresas de todos os setores estão investindo nessa modalidade para que os seus funcionários fiquem seguros e saudáveis até que a situação se normalize. 

Segundo uma pesquisa, a previsão é que as atividades remotas aumentem 30% só em 2020. Contudo, uma vez com essa mudança de hábito, há quem não saiba como manter o foco trabalhando de casa. 

Afinal, uma vez em nosso lar, temos mais facilidade para se distrair — seja ligando a TV, brincando com os pets ou, simplesmente, colocando a conversa em dia com os nossos familiares. 

O lado bom, é que muitos profissionais vêm investindo em estratégias simples, mas eficazes, para fugir da abstração e ter uma rotina mais produtiva.

Quais são elas? É o que contamos neste post. Para saber mais, continue acompanhando a leitura e torne o seu dia a dia mais facilitado!

1. Estipule metas para si mesmo trabalhando de casa

Existem certos profissionais que atuam melhor “sob pressão”. Se você faz parte desse time, comece a traçar metas a serem atingidas e, com isso, estimular o foco no home office

O ideal, é estipular objetivos realistas, mas com o deadline apertado para que você consiga fugir das distrações e se dedicar ao que realmente importa.

Também é válido se recompensar ao fim de cada atividade entregue. Em algumas situações, existem colaboradores que se dão a oportunidade de assistir a um filme após a finalização de um projeto importante.

Outros, por sua vez, adquirem um produto de desejo por meio de uma loja virtual. As possibilidades são inúmeras!

2. Encontre o melhor horário para manter o foco trabalhando de casa

Caso a sua empresa conte com uma jornada de trabalho flexível, uma solução é encontrar o melhor período para trabalhar. 

Você não precisa “bater o ponto” nos períodos tradicionais e comerciais, mas sim, naqueles horários que o seu corpo está mais preparado para encarar novos desafios.

Tal medida pode ser muito vantajosa para as pessoas notívagas — aquelas que funcionam bem à noite. Há ainda as que atuam com mais disposição após o almoço ou no fim da tarde.

Analise a hora que o seu foco está mais alto e a sua concentração consegue ser mantida por um longo período. 

Assim, será fácil se dedicar às tarefas que exigem um grande esforço mental, tornando o seu trabalho otimizado e com alto nível de qualidade.

3. Faça breves “escapadinhas”

Nenhuma mente consegue se concentrar durante muito tempo. Um dos segredos para manter o foco trabalhando de casa é, justamente, prezar pelo bem-estar e fazer pequenas pausas ao longo do dia. 

Com esse cuidado, é possível se distrair e relaxar, tendo mais motivação para iniciar uma próxima jornada de atividades.

A dica é realizar, em média, pausas de até 15 minutos a cada 3 horas. Durante esse tempo, você pode fazer um alongamento, preparar um lanche ou, até mesmo, levar o seu pet para dar uma volta.

Alguns profissionais, inclusive, aproveitam esses minutinhos para socializar. Ligue para os seus familiares, mande uma mensagem para alguns amigos e impeça que a solidão tome conta da sua rotina.

4. Troque de roupa

Pode até parecer bobagem, mas uma simples troca de roupa ajudará você a manter o foco trabalhando de casa. 

Em vez de passar o dia de pijama, considere vestir um traje confortável, produzido a partir de um tecido maleável e com recorte mais largo, sem apertar o corpo.

Ao colocar uma vestimenta diferente, automaticamente, o nosso cérebro entende que estamos realizando uma nova atividade e, logo, conseguimos sair do “modo preguiça” para ter um dia mais eficiente.

Se você ainda não adotou essa prática, não perca mais tempo. Assim que acordar, tome um bom banho, vista as suas peças preferidas e arregace as mangas. O resultado será visivelmente notado em sua motivação.

5. Reserve um espaço para o trabalho

Quando falamos em home office, não é difícil encontrar pessoas que realizem as suas atividades diárias “do sofá”. 

A princípio, não há mal nenhum em trabalhar um dia ou outro em um ambiente confortável — mas os efeitos negativos tendem a surgir com o passar dos dias. 

Em um período de médio prazo, é provável que o seu rendimento comece a cair, sem contar as complicações de saúde que se tornarão mais frequentes, como as dores nas costas.

Não quer ter esse tipo de experiência?

Reserve um local exclusivo para as suas atividades profissionais. Se não possuir um escritório em casa, organize um espaço em uma escrivaninha, uma mesa na cozinha ou no próprio dormitório. 

Ainda é fundamental escolher uma cadeira com bom encosto e apoio para os braços, evitando assim, qualquer complicação futura.

Seguindo essas recomendações, não há segredo: manter o foco trabalhando de casa se tornará fácil e, logo, você conseguirá se adaptar. 

Agora, aproveite para compartilhar o post nas redes sociais e manter os seus amigos por dentro das dicas!

Deixe uma resposta