6 dicas para deixar a sua casa mais segura para idosos

6 dicas para deixar a sua casa mais segura para idosos

Não sabe como deixar a sua casa mais segura para idosos? Reunimos dicas infalíveis que manterão a sua casa preparada e livre de acidentes. Confira!


Que tal deixar a sua casa mais segura para idosos? Com os anos, todos nós começamos a sofrer mudanças físicas inevitáveis. 

Nosso corpo, infelizmente, passa a apresentar dificuldades de locomoção e movimento: caminhar, subir escadas ou, simplesmente, enxergar obstáculos no meio do caminho, passam a ser um problema.

Por isso, se você tem pessoas da terceira idade na família, é sempre bom conferir alguns truques para manter o ambiente doméstico preparado, sem correr o risco de acidentes que podem causar problemas nada agradáveis, como lesões ou até mesmo hospitalizações.

Neste post, te contamos quais são eles. A princípio, existem segredos simples, que podem ser aplicados em uma residência para que o idoso continue realizando as suas atividades diárias sem preocupação. Anote as dicas e aproveite!

1. Tenha cuidado com as escadas

Popularmente, as escadas são conhecidas por serem as grandes vilãs do público idoso. Isso porque, até mesmo os próprios adultos têm o costume de tropeçar nesses espaços, quem dirá as pessoas da terceira idade — que apresentam menor coordenação motora, força e resistência.

Caso você esteja com planos de fazer uma reforma em sua propriedade, uma boa dica é investir no uso de rampas, compostas por piso antiderrapante e um belo corrimão.

Agora, se isso não for possível, vale a pena adaptar o local com sinalizadores no piso e nas paredes. Também podem ser instaladas luminárias que melhorem a visualização, sendo as versões pendentes e os spots as melhores alternativas.

2. Invista em uma mobília adequada

Outra maneira de deixar a sua casa mais segura para idosos, é prestar atenção ao mobiliário. Às vezes, essas pessoas podem acabar esbarrando em quinas de mesas e outras estruturas, causando assim, machucados e variados tipos de lesões. Um perigo só!

Para que esse problema não ocorra mais, sugerimos o uso de mobílias com quinas arredondadas. Um bom exemplo disso, são as mesas de jantar, além das mesinhas de centro e laterais.

Você também pode colocar proteções nas extremidades das peças que não serão substituídas, sabia? Em lojas de construção, é possível encontrar acessórios de borracha ou silicone, produzidos especialmente para evitar acidentes dentro de casa.

Esses itens ficam ótimos quando incluídos nas pontas das mesas, racks, aparadores ou, até mesmo, em cadeiras que apresentem um design diferenciado. Vale experimentar!

3. Troque as maçanetas

Não é raro encontrar idosos que ficam presos dentro de um cômodo por conta da maçaneta. Em alguns casos, eles consideram o puxador duro demais ou, simplesmente, difícil de ser manuseado. É claro que essa situação também pode ser evitada — desde que você substitua as versões tradicionais pelos modelos de alavanca.

Acessíveis e fáceis de utilizar, elas não exigem um esforço grande para serem acionadas. O ideal, é incluir essas peças na maioria dos cômodos, principalmente, naqueles em que o idoso costuma frequentar. Banheiros, dormitórios, áreas externas e portas de entrada estão no topo da lista.

4. Instale as clássicas barras de segurança

É difícil falar de uma casa mais segura para idosos sem citar as barras de segurança. Atualmente, esse é um dos principais mecanismos utilizados para a prevenção de acidentes domésticos em famílias que contam com pessoas de mobilidade reduzida.

Como boa parte das quedas de idosos acontecem dentro do banheiro ou na cozinha, a solução é aplicar a ideia nesses cômodos. Em uma breve pesquisa pela internet ou lojas especializadas, você encontrará barras para diferentes necessidades — há aquelas para suporte, outras que servem como ponto de apoio e por aí em diante.

Ao contar com esses detalhes dentro de casa, o idoso terá mais segurança para fazer os seus afazeres, sem perder o equilíbrio e acabar escorregando ou caindo. Vale ressaltar, que esse mesmo cuidado deverá ser levado para as escadas. Como dissemos, elas precisam ser formadas por corrimãos de ambos os lados.

5. Mantenha os fios bem presos à parede

A tecnologia já tomou conta de nossa vida. Hoje em dia, é muito comum encontrar residências repletas de equipamentos eletrônicos e que podem ser úteis em diferentes atividades do cotidiano. Computadores, televisão, ferro de passar roupa, umidificador de ar e ventilador são alguns deles.

Porém, para que esses aparelhos, de fato, possam ser bem aproveitados sem causar nenhum transtorno, é essencial manter os seus fios muito bem guardados — caso contrário, o idoso pode tropeçar no local, perdendo o equilíbrio e caindo no chão.

Um truque bacana é fixar os fios com o auxílio de canteiras. Ou então, você pode colar a fiação contando com uma boa fita isolante. O caminho é manter o piso sem nenhum cabo, fio ou qualquer outro obstáculo que possa comprometer a circulação dos moradores.

6. Evite o uso de tapetes

Sem dúvida, os tapetes são amplamente conhecidos no universo do design por favorecerem a decoração. Fora isso, eles são ótimos para aquecer os nossos pés e proporcionar maior conforto térmico durante o inverno.

Porém, nem tudo são flores. Para os idosos, eles podem ser extremamente prejudiciais por conta da redução da marcha desses indivíduos.

Em outras palavras, essas pessoas possuem uma dificuldade maior para caminhar, tornando os seus passos mais lentos e arrastados — ou seja, um perigo claro para escorregões e tropeços.

É nesse momento que o uso dos tapetes deve ser analisado. Jamais deixe as peças soltas no chão para que elas não se transformem em armadilhas, assim como acontece com os modelos da cozinha, do banheiro ou os que ficam posicionados no hall de entrada.

A dica é fugir do uso desses acessórios, ainda que sejam grandes e estejam bem fixados no piso.

Viu só? Existem várias estratégias simples, mas eficientes, que podem ser utilizadas para deixar a sua casa mais segura para idosos.

Depois desses tópicos, lembre-se também de investir em uma rotina muito bem detalhada, para que a pessoa da terceira idade consiga ter mais conforto e estabilidade. Será uma medida extremamente valiosa para todos!

Caso você tenha gostado dessas informações, aproveite para deixar o seu comentário abaixo e dividir mais segredos conosco. Será um prazer ter os nossos leitores por perto.

Um comentário

Deixe uma resposta